Pixel Art o que é

Pixel Art: O Que É e Como Fazer?

Você já se perguntou como são feitos aqueles desenhos e animações que parecem feitos de pequenos quadrados coloridos? Eles são chamados de pixel art, e são uma forma de arte digital que existe há décadas. Neste artigo, você vai aprender o que é pixel art, como fazer pixel art, onde usar pixel art e muito mais. Vamos lá?

O que é pixel art e como surgiu?

Pixel art é uma forma de arte digital na qual as imagens são editadas a nível de pixels. Pixel significa o menor ponto de uma imagem digital, que pode ter uma cor diferente. Ao combinar vários pixels, é possível criar formas, texturas, sombras, luzes e outros efeitos visuais. A pixel art surgiu no final dos anos 70 e início dos anos 80, com o desenvolvimento dos primeiros computadores e videogames. Na época, os monitores e as placas gráficas tinham uma resolução e uma paleta de cores limitadas, o que obrigava os artistas a trabalhar com poucos pixels e cores. Por isso, a pixel art tinha um aspecto quadrado e pixelado, que hoje é considerado retrô e nostálgico.

Por que é uma forma de arte digital?

A pixel art é uma forma de arte digital porque é criada e exibida em dispositivos eletrônicos, como computadores, celulares, tablets, consoles, etc. A pixel art também pode ser impressa em papel, tecido, plástico ou outros materiais, mas isso não altera sua natureza digital. A pixel art é diferente de outras formas de arte digital, como a fotografia, a ilustração, o 3D, etc., porque ela é feita pixel por pixel, e não com pincéis, filtros, vetores, polígonos, etc. A pixel art também tem um estilo próprio, que pode ser reconhecido facilmente.

Quais são as características e os elementos da pixel art?

A pixel art tem algumas características e elementos que a definem e a diferenciam de outras formas de arte digital. Algumas dessas características e elementos são:

  • Baixa resolução: a pixel art é feita com poucos pixels, o que significa que a imagem tem uma baixa resolução. Isso faz com que os pixels sejam visíveis e que a imagem tenha um aspecto quadrado e pixelado. A baixa resolução também limita o nível de detalhe e de realismo da imagem.
  • Paleta limitada: a pixel art é feita com poucas cores, o que significa que a imagem tem uma paleta limitada. Isso faz com que as cores sejam contrastantes e que a imagem tenha um aspecto colorido e vibrante. A paleta limitada também influencia na escolha e na mistura das cores.
  • Pixel perfeito: a pixel art é feita com pixels perfeitos, o que significa que cada pixel é colocado de forma precisa e intencional. Isso faz com que os pixels sejam alinhados e que a imagem tenha um aspecto limpo e harmonioso. O pixel perfeito também evita o uso de pixels soltos, borrados ou desnecessários.

Como fazer pixel art?

Quais são as ferramentas e os programas necessários?

Para fazer pixel art, você precisa de algumas ferramentas e programas básicos, que são:

  • Um dispositivo eletrônico: pode ser um computador, um celular, um tablet, um console, etc. O importante é que o dispositivo tenha uma tela e uma forma de entrada, como um mouse, um teclado, uma caneta, um joystick, etc.
  • Um programa de edição de imagens: pode ser um programa específico para pixel art, como o Piskel, o Pixilart, o Aseprite, o Pyxel Edit, etc., ou um programa geral, como o Microsoft Paint, o Photoshop, o Gimp, etc. O importante é que o programa permita editar pixels individualmente, mudar cores, usar camadas, salvar em diferentes formatos, etc.
  • Uma fonte de inspiração: pode ser uma ideia, um tema, um personagem, um objeto, um cenário, etc. O importante é que a fonte de inspiração seja clara, criativa e adequada ao estilo da pixel art.

Quais são os passos e as técnicas básicas?

Para fazer pixel art, você pode seguir alguns passos e técnicas básicas, que são:

  • Escolher o tamanho e a resolução da imagem: dependendo do que você quer fazer, você pode escolher um tamanho e uma resolução diferentes para a sua imagem. O tamanho é a quantidade de pixels que a imagem tem na horizontal e na vertical, e a resolução é a quantidade de pixels que a imagem tem por polegada. Quanto maior o tamanho e a resolução, mais pixels e mais detalhes a imagem terá, mas também mais trabalho e mais tempo você terá que dedicar. Uma dica é começar com tamanhos e resoluções pequenos, e ir aumentando conforme a sua experiência e a sua necessidade.
  • Escolher a paleta de cores: depois de escolher o tamanho e a resolução da imagem, você pode escolher a paleta de cores que vai usar. A paleta de cores é o conjunto de cores que você vai usar para pintar os pixels da sua imagem. Você pode escolher uma paleta pronta, que já vem com as cores combinadas e harmonizadas, ou criar a sua própria paleta, escolhendo as cores manualmente. Uma dica é usar poucas cores, entre 2 e 16, e variar os tons e as saturações das cores, para criar contrastes e efeitos de luz e sombra.
  • Desenhar o esboço da imagem: com o tamanho, a resolução e a paleta de cores definidos, você pode começar a desenhar o esboço da sua imagem. O esboço é o desenho básico e simplificado da sua imagem, que serve para definir a forma, a proporção, a perspectiva e a composição da sua imagem. Você pode desenhar o esboço com uma cor diferente da paleta, como o preto ou o cinza, e usar uma ferramenta de lápis ou de linha, para traçar os contornos da sua imagem. Uma dica é usar uma grade, que é uma divisão da tela em quadrados iguais, para ajudar a alinhar e a posicionar os pixels do seu esboço.
  • Pintar o fundo da imagem: depois de desenhar o esboço da sua imagem, você pode pintar o fundo da sua imagem. O fundo é a parte da imagem que fica atrás do esboço, e que serve para dar cor, textura, profundidade e contexto à sua imagem. Você pode pintar o fundo com uma cor sólida, um gradiente, um padrão, um cenário, etc. Você pode usar uma ferramenta de balde ou de pincel, para preencher os pixels do seu fundo. Uma dica é usar cores diferentes do esboço, para criar contraste e destaque.
  • Pintar o preenchimento da imagem: depois de pintar o fundo da sua imagem, você pode pintar o preenchimento da sua imagem. O preenchimento é a parte da imagem que fica dentro do esboço, e que serve para dar cor, textura, volume e detalhe à sua imagem. Você pode pintar o preenchimento com uma cor sólida, um gradiente, um padrão, uma textura, etc. Você pode usar uma ferramenta de balde ou de pincel, para preencher os pixels do seu preenchimento. Uma dica é usar cores variadas e harmônicas, para criar efeitos de luz e sombra.
  • Refinar o contorno da imagem: depois de pintar o preenchimento da sua imagem, você pode refinar o contorno da sua imagem. O contorno é a parte da imagem que define o limite entre o esboço e o fundo, e que serve para dar forma, nitidez, suavidade e estilo à sua imagem. Você pode refinar o contorno com uma cor sólida, um gradiente, um anti-aliasing, um dithering, etc. Você pode usar uma ferramenta de lápis ou de borracha, para editar os pixels do seu contorno. Uma dica é usar cores semelhantes ao esboço e ao fundo, para criar transições e efeitos de perspectiva.
  • Adicionar os detalhes finais da imagem: depois de refinar o contorno da sua imagem, você pode adicionar os detalhes finais da sua imagem. Os detalhes finais são as partes da imagem que complementam e enriquecem a sua imagem, e que servem para dar personalidade, expressão, movimento e originalidade à sua imagem. Você pode adicionar os detalhes finais com uma cor sólida, um gradiente, um brilho, um reflexo, um sombreamento, etc. Você pode usar uma ferramenta de lápis ou de pincel, para adicionar os pixels dos seus detalhes finais. Uma dica é usar cores contrastantes e criativas, para criar pontos de interesse e de atenção.

Quais são os tipos e os estilos de pixel art?

Existem vários tipos e estilos de pixel art, que podem ser classificados de acordo com o tamanho, a forma, a cor, a técnica, o tema, a inspiração, etc. Alguns dos tipos e estilos mais comuns são:

  • Pixel art isométrica: é um tipo de pixel art que usa uma projeção isométrica, que é uma forma de representar objetos tridimensionais em um plano bidimensional, sem distorcer as proporções. A pixel art isométrica é usada para criar imagens de cenários, edifícios, objetos, etc., que parecem ter profundidade e perspectiva. A pixel art isométrica é caracterizada por ter linhas diagonais de 30 graus, e por não ter pontos de fuga.
  • Pixel art animada: é um tipo de pixel art que usa uma sequência de imagens, que são exibidas em uma velocidade determinada, para criar a ilusão de movimento. A pixel art animada é usada para criar imagens de personagens, objetos, efeitos, etc., que parecem ter vida e ação. A pixel art animada é caracterizada por ter um número limitado de quadros, e por usar técnicas de animação, como o easing, o squash and stretch, o anticipation, etc.
  • Pixel art retrô: é um estilo de pixel art que usa as limitações e as características dos primeiros computadores e videogames, como a baixa resolução, a paleta limitada, o pixel perfeito, etc., para criar imagens que parecem antigas e nostálgicas. A pixel art retrô é usada para criar imagens de jogos, ícones, logos, etc., que remetem à época de ouro da pixel art. A pixel art retrô é inspirada em consoles e jogos clássicos, como o Atari, o Nintendo, o Sega, o Super Mario, o Sonic, o Zelda, etc.
  • Pixel art moderna: é um estilo de pixel art que usa as possibilidades e as inovações dos computadores e videogames atuais, como a alta resolução, a paleta ilimitada, o anti-aliasing, o dithering, etc., para criar imagens que parecem novas e originais. A pixel art moderna é usada para criar imagens de jogos, ícones, logos, etc., que exploram a estética e a expressividade da pixel art. A pixel art moderna é inspirada em tendências e referências contemporâneas, como o indie, o minimalismo, o pixel art, etc.

Onde usar pixel art?

Quais são as aplicações e os usos da pixel art?

A pixel art é uma forma de arte digital que pode ser aplicada e usada em diversos contextos e propósitos, como:

  • Jogos: a pixel art é uma das formas de arte mais usadas para o desenvolvimento de jogos digitais, especialmente os jogos independentes, os jogos casuais, os jogos educativos, os jogos retrô, etc. A pixel art é usada para criar os gráficos, os personagens, os cenários, os objetos, os efeitos, etc., que compõem o visual e a jogabilidade dos jogos. A pixel art é vantajosa para os jogos porque é simples, rápida, barata, versátil, criativa, etc.
  • Ícones: a pixel art é uma das formas de arte mais usadas para criar ícones digitais, especialmente os ícones de aplicativos, de sites, de redes sociais, de sistemas operacionais, etc. A pixel art é usada para criar as imagens, os símbolos, as letras, os números, etc., que representam e identificam os ícones. A pixel art é vantajosa para os ícones porque é clara, direta, funcional, atraente, etc.
  • Logos: a pixel art é uma das formas de arte mais usadas para criar logos digitais, especialmente os logos de marcas, de empresas, de produtos, de serviços, etc. A pixel art é usada para criar as formas, as cores, as texturas, os efeitos, etc., que compõem e caracterizam os logos. A pixel art é vantajosa para os logos porque é original, memorável, impactante, diferenciada, etc.

Quais são os exemplos e as referências de pixel art?

A pixel art é uma forma de arte digital que tem muitos exemplos e referências, que podem ser encontrados e acessados em diversos meios e plataformas, como:

  • Galerias: existem várias galerias online e offline que exibem e divulgam obras de pixel art, de artistas profissionais e amadores, de diferentes estilos e temas. Algumas dessas galerias são o Pixel Joint, o Pixel Art Gallery, o Pixel Dailies, o Pixel Art Museum, etc.
  • Tutoriais: existem vários tutoriais online e offline que ensinam e orientam como fazer pixel art, de diferentes níveis e tópicos. Alguns desses tutoriais são o Pixel Art Tutorial, o Pixel Art for Beginners, o Pixel Art Academy, o Pixel Logic, etc.
  • Comunidades: existem várias comunidades online e offline que reúnem e conectam pessoas que gostam e fazem pixel art, de diferentes origens e interesses. Algumas dessas comunidades são o Pixel Art Reddit, o Pixel Art Discord, o Pixel Art Facebook, o Pixel Art Meetup, etc.

Quais são as vantagens e as desvantagens da pixel art?

A pixel art é uma forma de arte digital que tem vantagens e desvantagens, que podem ser avaliadas e comparadas de acordo com o contexto e o objetivo de cada um, como:

Vantagens: algumas das vantagens da pixel art são:

  • É fácil de aprender e de fazer, pois requer poucas ferramentas e programas, e tem uma lógica simples e intuitiva.
  • É divertida e prazerosa, pois permite criar imagens variadas e personalizadas, com um estilo único e expressivo.
  • É versátil e adaptável, pois pode ser usada em diferentes contextos e propósitos, como jogos, ícones, logos, etc.
  • É criativa e original, pois explora as possibilidades e as inovações da arte digital, com uma estética e uma linguagem próprias.
  • É nostálgica e retrô, pois remete à época de ouro da pixel art, com um charme e um apelo histórico e cultural.

Desvantagens: algumas das desvantagens da pixel art são:

  • É trabalhosa e demorada, pois exige muita paciência e dedicação, e tem um processo manual e detalhado.
  • É limitada e restrita, pois depende das características e dos elementos da pixel art, como a baixa resolução, a paleta limitada, o pixel perfeito, etc.
  • É desafiadora e complexa, pois requer muita habilidade e conhecimento, e tem uma técnica e uma arte refinadas.
  • É incompreendida e subestimada, pois nem sempre é reconhecida e valorizada como uma forma de arte digital, e às vezes é vista como uma arte inferior ou obsoleta.
  • É saturada e repetitiva, pois tem muitos exemplos e referências, que podem gerar cópias e clichês, e diminuir a originalidade e a diversidade da pixel art.

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu o que é pixel art, como fazer pixel art, onde usar pixel art e muito mais. Agora você sabe que a pixel art é uma forma de arte digital que existe há décadas, e que é feita com pixels, que são os menores pontos de uma imagem digital. Você também sabe que a pixel art tem características e elementos que a definem e a diferenciam de outras formas de arte digital, como a baixa resolução, a paleta limitada, o pixel perfeito, etc. Você também sabe que a pixel art tem tipos e estilos que a classificam e a caracterizam, como a pixel art isométrica, a pixel art animada, a pixel art retrô, a pixel art moderna, etc. Você também sabe que a pixel art tem aplicações e usos que a exploram e a aproveitam, como jogos, ícones, logos, etc. Você também sabe que a pixel art tem vantagens e desvantagens, que podem ser avaliadas e comparadas de acordo com o contexto e o objetivo de cada um.

Esperamos que você tenha gostado e aprendido com este artigo, e que ele tenha despertado o seu interesse e a sua curiosidade pela pixel art. Se você quiser saber mais sobre a pixel art, você pode acessar as galerias, os tutoriais, as comunidades e outras fontes de informação e inspiração que citamos neste artigo. Se você quiser fazer a sua própria pixel art, você pode usar as ferramentas, os programas, os passos e as técnicas que ensinamos neste artigo. Se você quiser compartilhar a sua pixel art, você pode usar as plataformas, os meios, os formatos e os canais que sugerimos neste artigo.

A pixel art é uma forma de arte digital que é fácil, divertida, versátil, criativa, nostálgica e muito mais. A pixel art é uma forma de arte digital que você pode fazer, usar e apreciar. A pixel art é uma forma de arte digital que vale a pena conhecer e experimentar. E você, o que está esperando para se aventurar no mundo da pixel art?

Quer saber mais sobre o que é pixel art? Veja esse video do canal Frederico Monteiro:

Autor
Sempre em busca de trazer novos conteúdos essenciais sobre o universo do desenvolvimento de jogos. De Gamer para Gamers.

Deixe um comentário